13 de jan de 2017

O Tiozão do Cinema: Eu fui assistir o Filme EuFicoLoko (Crônica)


Por Anderson Calandrini

Estava perdido em casa, em uma tarde de sexta-feira 13, assistindo uma série de matérias jornalisticas na internet quando minha mulher me avisou que depois do trabalho iria para um happy hour com as "migas" do ensino médio.

Foi aí que pensei como todo homem casado de 25 anos pensaria nesses momentos. Convidar os amigos para bilhar? Ir para um Barzinho? Jogar Bola?. Não. Fui para cinema sozinho assistir a comedia adolescente mais bombada do momento. O filme Eu Fico Loko. E pode parar de me julgar, o que tem de mais em ter um gosto para filmes meio desviado. O importante é ter saúde.



Mas o preconceito é bem maior do que pensei. Primeiro tinha de arranjar um jeito de comprar o ingresso sem levantar muita suspeita. E enquanto estava na fila do ingresso do cinema observei que haviam três pessoas atendendo na venda de tickets (Dane-se, pode me chamar de antiquado, mas comprei tickets mesmo. Precisei de um sinônimo para a palavra ingressos). 

Agora, voltando ao assunto. Na fila observei três atendentes vendendo, dois homens e uma mulher. Aí apelei para o pensamento  positivo pensando. "tomara que ela me atenda", afinal mulheres são mais sucintas e compreensivas. Engano meu.

Na fila armei minha desculpa perfeita. Pelo menos na minha cabeça fazia sentindo. Tive a sorte de ser chamado por ela e quando cheguei próximo a guichê falei. "Qual o filme da sessão mais próxima?"  "É Esse 'EuFicoLoko?". Do tipo. Quero assistir qualquer filme que vá começar o mais cedo possível. Preciso passar o meu tempo sozinho. Fingindo que não conhecia o filme, e que mesmo assim estaria disposto a assisti-lo. Sem preconceitos.

Quem eu queria enganar. Estava aguardando o filme desde a liberação de alguns teases ainda em dezembro. Tomei a decisão de assistir o filme no momento happy hour, pois até a minha esposa não estava disposta a assistir o filme adolescente no cinema, quem sabe, talvez quando saísse da telona. (não me julguem. queria assistir o filme).

E pelo visto a atendente percebeu minha desculpa. Pois no fundo dos seus olhos ela sabia de tudo. Quem eu queria Enganar?. Até percebi um "sorrizinho" no canto da boca dela quando passei o cartão para pagar o ingresso no débito. Com certeza ela estava pensando. "Quem é que ele quer enganar com essa desculpa manjada". No mínimo ela pensou. "Mais um nerd virgem que mora com a mãe e não come ninguém".

Esse era apenas o início da aventura. Logo a fila para a sessão começou a ser formada e pude observar, a distância, que os únicos com mais de 25 anos eram dois pais que acompanhavam os filhos. Então como quem não que nada, fui me aconchegando próximo de um pequeno grupo de adolescentes, que falavam sobre vídeos do youtube, mas precisamente o assunto do momento. O vídeo da Kéfera Buchmann, que misturou a palavra Deus e Masturbação em uma oração ativa e descritiva no seu canal.

Nem sabia que adolescentes daquela idade já falavam abertamente sobre masturbação, ainda mais com a presença de meninas no grupo social. Mas depois do hit do momento (Meu Pau Te Ama) dá pra imaginar onde eles conhecem, ainda cedo, com 12/14 anos, a ter esses pensamentos "sadios" (Wha That.....Sarcasm?).

Voltando mais vez ao assunto. Fui me aproximando do grupo relativamente grande, quem sabe, quem olhasse a distância não falaria. "Mais um adulto obrigado a acompanhar um adolescente em programas para a faixa etária deles". E realmente estava com cara de adulto. Já que normalmente as pessoas acham que sou mais velho, ainda mais com o cabelo grande e a barba por fazer. No mínimo pensaram duas coisas. A Positiva. "Que pena desse velho que tem de acompanhar o filho nessas sessões". Ou a Negativa. "Velho pedófilo que fica se envolvendo em programas adolescentes".

Para a minha alegria todos estavam errado. Apenas um adulto com gostos peculiares por películas da sétima arte. Quem sabe não consigo uma vaga no Orfanato da Srta. Peregrine.

Depois da entrada na sala, nada mais que uma sessão cheia de adolescentes. Não lembrava como eles gritavam e esbravejam a cada momento de tristeza ou piada. Teve até um "nerdzinho" que gritou quando rolou o tão sonhado beijo do protagonista com o par romântico. Os gritos eram intenso, não tinha visto tanta vibração desde quando o Quatro pegou a Tris na série convergente, ou quando o Jacob mostrou que havia ficado que nem o Léo Stronda, no segundo filme da saga crepúsculo. (Já Falei. Não Me Julguem)

Mas não entraremos nesses detalhes íntimos, pois o novo meme do Stronda deixariam esse texto muito grande. E meio que mexe com o íntimo de homens ínfimos ou medianos. Pelo menos uma ex-namorada dele já foi a publico desmentir a foto.

Depois desse conturbado momento restava a etapa final. Sair do cinema no meio de um monte de adolescentes, no meio de um shopping totalmente lotado, em um horário que muitas pessoas estavam aguardando para a próxima sessão. 

Nesse momento damos um jeito. Pegamos o celular fingimos que estamos fazendo algo muito importante, até se misturar na multidão e por fim voltar a rotina. Posando de consumidor assíduo de Cartola. Afinal: ♪♫♩♫♭♪ Alvorada. Lá no Morro que Beleza. Ninguém Chora, Não há Tristeza. Ninguém senti dissabor. ♪♫♩♫♭♪


















9 de jan de 2017

SENAI AP abre processo seletivo para contratação de instrutores


Fonte: Gerência de Comunicação Corporativa SESI/SENAI – AP

Macapá - O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) do Amapá abriu vagas para contratação de instrutores horistas e mensalistas, com experiência em docência. Os interessados deverão encaminhar currículo para ps05@sesisenaiap.org.br até terça-feira, 17 de janeiro, indicando o título (número) da vaga no assunto do e-mail.

As vagas de instrutor horista Nível A estão assim distribuídas: Vaga 01: Nível superior completo em Engenharia Mecânica ou Engenharia Automotiva ou Nível superior completo com Curso Técnico em Automotiva – 1 vaga; Vaga 02: Nível superior completo em Engenharia Mecânica ou Nível superior completo com Curso Técnico em Refrigeração e Climatização – 1 vaga; Vaga 03: Nível superior completo em Engenharia Mecânica – 2 vagas; Vaga 04: Nível superior completo em Engenharia Elétrica ou Engenharia de Automação Industrial ou Engenharia Mecatrônica – 1 vaga; Vaga 05: Nível superior completo em Administração ou Ciências Contábeis ou Ciências Econômicas – 1 vaga.

Para instrutor mensalista Nível I há uma vaga para profissionais com Curso Técnico de Nível Médio em Segurança do Trabalho (Vaga 06) e uma vaga para Curso Técnico de Nível Médio em Eletrotécnica ou Eletroeletrônica (Vaga 07).

Há ainda vagas para instrutor mensalista Nível II. Para estas oportunidades podem se candidatar: Vaga 08: graduados em Engenharia Civil – 1 vaga; Vaga 09: Nível superior em Engenharia Civil ou Engenharia Elétrica ou Engenharia Mecânica ou Engenharia Florestal ou Engenharia de Produção ou Arquitetura e Urbanismo com especialização em Segurança do Trabalho – 1 vaga; Vaga 10: Nível superior em Engenharia Mecânica ou Nível superior completo com Curso Técnico em Refrigeração e Climatização – 1 vaga; Vaga 11: Nível superior em Engenharia Elétrica ou Engenharia de Automação Industrial ou Engenharia Mecatrônica – 1 vaga.

A contratação de pessoal no SENAI AP obedece ao regime celetista – Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). Não poderão participar do Processo Seletivo, os candidatos que possuam vínculo de parentesco, natural ou civil, com dirigente ou empregado do Serviço Social da Indústria (SESI) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) do Amapá.

A Tocca Tripe 11 - Centro Histórico de Santos

7 de jan de 2017

Exposição de pintura pop abre o ano no Garden

Fonte: Flávia Fontes - Assessora 

Desenhos e pinturas em tela inspiradas no movimento artístico Pop art saúdam o novo ano de 2017 com muito colorido, no Amapá Garden Shopping. As produções da artista plástica Ana Gato fazem parte da Exposição Miart e estarão expostas no período de 07 a 14 de janeiro.

A jovem artista, que estará expondo pela primeira vez as peças, desenha desde os 12 anos, inicialmente reproduzindo imagens estáticas e depois explorando as cores com pinturas em tela. A inspiração para a obra deu-se em cima de grandes nomes da arte pop como o pintor Andy Warhol, um dos iniciadores e expoentes do Pop Arte, e de Lora Zumbie, artista plástica que teve sua pintura inspirada na cultura popular urbana.

“Estou muito feliz por esta primeira exposição, o que só me inspira a produzir mais e mais”, disse Ana Gato, que tem formação em Design.

Por seguirem o estilo pop art, surgido na década de 50, na Inglaterra, com vertentes da pintura realista, as telas da artista estão voltadas a todo tipo de público, pois são marcadas pelo colorido e pela livre expressão das linhas e preenchimentos. Na Exposição Miart, será possível adquirir as telas de Ana Gato que são um excelente presente para quem procura exclusividade.



Serviço
Exposição Miart – Desenhos e Pinturas, por Ana Gato
Período: 07 a 14 de janeiro de 2017.
Local: Livraria Leitura
Lançamento: 07/01 às 18h

3 de jan de 2017

Video flagra momento exato que turista é atingida por raio em praia

Peça teatral retrata naufrágio do Novo Amapá

Fonte: Adryany Magalhães

A Companhia Super Nova apresenta nesta sexta-feira, 6, as 20h, no Teatro das Bacabeiras o espetáculo Novo Amapá.  A peça é o olhar artístico sobre o maior naufrágio fluvial da história brasileira. O acidente ocorreu no dia 6 de janeiro de 1981 no Rio Cajarí (proximidades da fronteira entre o Estado do Amapá e Pará) quando o barco Novo Amapá naufragou deixando cerca de 600 vítimas.

A montagem é baseada no texto “Triste Janeiro” do jovem ator e dramaturgo Joca Monteiro que através de poemas homenageia todos os envolvidos naquele acontecimento. Neste ano, Marina Beckman, assume a direção cênica inserindo elementos da performance e instalação. Paulo Rocha assume a direção de arte. O elenco é composto por Jhimmy Feiches, Valdi Ribeiro, Anderson Pantoja, Heluana Quintas, Márcia Fonseca, Joca Monteiro e Jezi Viana. Além da poesia, o trabalho tem influencias do teatro físico, conta ainda com inserção de vídeos e é construída por meio de diversos processos de experimentações artísticas coletivas.

Na peça o público é conduzido a viajar nos sonhos e encantos da infância, onde o “puc puc puc” dos barquinhos dão ao homem o prazer da libertação e as águas tornam-se a porta para descobertas e anseios de “palmo a palmo” conquistar mundo. Na luta por este sonho, o homem se torna coisa, carga, engrenagem de um sistema mecânico que o explora de todas as formas e nos acontecimentos mais corriqueiros. Apesar de condicionado à exploração, o homem não perde a sua essência humana, sofre os amores e as perdas, mas não submerge a esperança por dias melhores.

2 de jan de 2017

Boêmios do Laguinho completa 63 anos e festeja com homenagens, samba e atrações da agremiação e convidados

Fonte:  Mariléia Maciel - Assessoria de Comunicação - AUSBL  

O aniversário de 63 anos da Universidade de Samba Boêmios do Laguinho, será festejado com muito samba, carnaval e homenagens, no Theatro do Samba, dia 2 de janeiro. A programação inicia às 21:30, e é uma mostra do carnaval que a agremiação está preparando para 2017, quando desfila o enredo Belezas Africanas, no Sambódromo. O presidente Jocildo Lemos confirma a presença da Bateria Pororoca, rainha da bateria Nega Vânia, e demais pontos técnicos da Universidade.

Primeira escola de samba do Amapá, então território, Boêmios do Laguinho nasceu em uma esquina da avenida Mãe Luzia, onde se reuniram no dia 2 janeiro de 1954, Francisco Lino, Mestre Bené, João Falconery, Cabecinha, Matapi, Biluca, Joaquim Ramos, Chicão, Ubiraci Picanço, Mestre Bené, Martinho Ramos, e outros pioneiros que formaram a primeira ala da Nação Negra, que saiam batucando pelas ruas do bairro Laguinho, já com o primeira casal de mestre-sala e porta-bandeira, Raimunda Lina e Zé da Bota.

Nestas mais de seis décadas de carnaval, Boêmios do Laguinho, passou a maior parte no Grupo Especial, e se renovou para manter-se entre as grandes de Macapá, e com uma comunidade atuante e apaixonada, chamada de Nação Negra. Dos sambas históricos e desfile acadêmico, a Universidade é cantada e contada por poetas e compositores, desde que a cobra era o símbolo, até a presidência de Vicente Cruz, que mudou a estética do carnaval vermelho e branco, e os pioneiros e construtores da escola se transformaram em personalidades.



Foi campeã do primeiro carnaval oficial do Amapá e desde então, conquistou 27 títulos, o último em 2014, e o presidente Jocildo garante que no próximo carnaval, conquista mais um troféu para a comunidade. “Começamos oficialmente o carnaval de 2017 festejando o Dia do Samba, e agora damos continuidade ao calendário com a tradicional festa de aniversário, com a Nação Negra presente, convidados, e quem ama o carnaval. Convidamos a escola Maracatu da Favela e Piratas Estilizados, e vamos apresentar quem faz nosso carnaval. Será uma festa bonita e democrática”, disse o presidente.   

Na programação, show de pagode, exposição, homenagens e condecorações, Marabaixo do Laguinho, o Embaixador de Boêmios, Osmar Júnior, o Menestrel Francisco Lino, bateria Pororoca e intérpretes, Nega Vânia, os três casais de Mestre-Sala e Porta-Bandeira, comissão de frente Camisa 10, Escolinhas de Passistas e de MS e PB Mirim, e outras atrações da comunidade.  

Serviço:
Aniversário de 63 anos da Universidade Boêmios do Laguinho
Data: 2 de janeiro
Hora: a partir das 21:30
Ingresso: R$ 10,00

Nós não estamos sozinhos


13 de dez de 2016

Poetas lançam livro "Trilogia Poética - Os Opostos Existenciais" no Sesc Centro


1500 vozes se apresentam nesse sábado na Floriano Peixoto

Fonte: Carla Ferreira
Fonte: Rita Torrinha - Assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Educação/MCP

No próximo sábado, 17, 1500 vozes, da rede municipal de ensino, se apresentarão na Praça Floriano Peixoto. O grupo, que se denomina o maior coral infanto juvenil, encerrará o ano letivo de 2016, na rede municipal. A apresentação inicia as 18h.

A temática é simples, mas cheia de significado: Noite Feliz! Com canções e mensagens fortes, que prometem emocionar e contagiar o público.

As crianças das 42 escolas que formam o imenso coral começaram os ensaios há três meses em suas respectivas escolas, mas nesta quarta, 14 e quinta-feira, 15, todas elas se juntarão no ensaio geral, que acontece a partir das 15h, no estádio Glicério Marques. É a afinação final para que saia tudo como o planejado no “Dia D”.

A abertura será ao som de flautas doces, tocadas por alunos da Escola Esforço Popular a canção “Noite Feliz”. Em seguida entram os 80 alunos do Projeto Japiim, cantando em quatro idiomas diferentes - inglês, francês, espanhol e o português - a música “Aleluia”. E a noite segue com revezamento de canções natalinas tradicionais e apresentação do presépio humano, finalizando com todos se confraternizando.

A Tocca Tripe 08 - Levando o Pirulito no Centro Histórico de Bragança


Depois de um dia na praia um passeio cultural pelo centro Histórico de Bragança. Uma aula de catecismo com minha consciência . E Pirulito, o cachorro tarado.

11 de dez de 2016

Casa FdE Amapá: Domingo na Casa apresenta: Quebramar Sessions



Confira a programação:

22h40m - Danilo José + Yáfrica BLOCO De AFOXÈ’
22h - Dj Pin Up 
21h20h - Sislop
20h40m - Mini Box Lunar 
20h - Psychocandy
19h20m - Godivas
18h40 - Novos & Usados 
18h - Embriões
17h - Tem Deck? + Osmar Junior

16h - Espetáculo “Curupira um ser inesquecível” - Movimento Cultural 
Desclassificáveis (Diretor: Paulo Alfaia)
15h - Oficina de Zankerada, ministrada pelo produtor Fineias Nelluty
15h - Exposição Indígena com Davi Marworno
15h - Bazar da Casa 

Quanto? $7
Quando? Domingo, 11 de dezembro 
Onde? Av. Clodóvio Coelho, 711 (entre Leopoldo Machado e Hamilton Silva)

Apoio: 
CASA Poliphonic
Fineias Nelluty

1º CAMPEONATO DE BILHAR - DNC & Quebramar Sessions


10 de dez de 2016

A Tocca Tripe 07 - Ajuruteua 2 - Igual Pirarucu no Sol

Hackeando o Papai Noel

Microempresas e Empresas de Pequeno Porte podem renegociar dívidas tributárias no Mutirão da Renegociação


O Mutirão de Renegociação oportuniza que Microempresas, Empresas de Pequeno Porte e empresas em geral que tenham débitos na forma do Simples Nacional com vencimentos até o mês de maio de 2016, podem renegociar as dívidas tributárias com parcelamento até 120 meses. A ação é uma parceria entre Sebrae, Faculdade Estácio e a Receita Federal.

Período: 12 a 16 de dezembro
Horário: 8h às 18h
Local: sede do Sebrae.

Tim Bernardes (O Terno) - Culpa





Parece que eu fico o tempo todo culpado
Com culpa eu não sei do quê
Quem vai me desculpar se eu não fiz nada de errado?
Que mais que eu posso fazer?

Será que as coisas que eu faço
Penso que não têm problema
Na verdade são pecado
E é por isso que eu me sinto tão culpado?
Ou será que a sociedade diz que é para eu ser contente
Quando eu fico meio triste
Ou até meio chateado
Eu fico mais, pois acho que eu sou o culpado

Uh uh uh uh culpa
Ah ah ah culpa
Ah ah ah culpa

Desculpa qualquer coisa
Minha culpa, minha culpa, culpa minha de pedir perdão
Culpa de fazer sucesso, culpa de ser um fracasso
Culpa sua, culpa de cristão

Será que as coisas que eu faço
Penso que não têm problema
Na verdade são pecado
E é por isso que eu me sinto tão culpado?
Ou será que a sociedade diz que é para eu ser contente
Quando eu fico meio triste
Ou até meio chateado
Eu fico mais
Pois acho que eu sou o culpado

Uh uh uh uh culpa
Ah ah ah culpa
Ah ah ah culpa



Hoje tem tributo ao Legião Urbana


Vigésima edição do Tributo à Legião Urbana realizado pelo fã clube Legítimos Legionários.

Sete bandas tocarão os maiores sucessos dessa que é a maior banda de rock do Brasil.

Em homenagem à carreira e a mensagem deixada pela Legião e um tributo à obra de Renato Russo, 
Dado e Marcelo.

Bandas:
 Interferência; Resistência Pública; Dezoito21; Além do Rádio; The End; Moinhos de Vento; Slide;

Local: Praça das Bandeiras

Hora: 19h

Data: 10 de Dezembro de 2016

Tocca Tripe 06 - Ajuruteua 01 - Pimenta no dos outros é refresco

29 de nov de 2016

100 anos de Samba: Carnavalesco e comentarista Milton Cunha lança em Macapá livro sobre carnaval

Fonte: Mariléia Maciel

Carnavalesco e comentarista de carnaval, Milton Cunha lança seu livro “Carnaval é Cultura – Poética e Técnica no Fazer Escola de Samba”, em Macapá, durante o evento “100 anos de Samba”, comemorando com carnavalescos amapaenses o centenário do ritmo. A edição foi lançada com festa em diversas cidades brasileiras e conta os 25 anos de avenida de Milton, nos barracões, como comentarista e colunista. O livro será lançado no dia 3, sábado, em evento para convidados, que terão os livros autografados durante uma roda de samba.  

“É uma aula completa para quem quiser saber como se faz carnaval, mostra os bastidores e o trabalho feito para colocar um enredo na avenida, do croqui de carros e fantasias aos termos usados no carnaval, ilustrado com 500 fotos de barracões, operários e desfiles”, disse o autor.

Polêmico e irreverente, Milton Cunha conta muitas de suas histórias no livro, do tempo em que estava por trás dos desfiles e ousava nas alegorias, alas e coreografias. A fotografia que conta a história do desfile de 2004, da São Clemente, que era uma crítica à corrupção no Brasil, e que o então presidente da Câmara dos deputados, Eduardo Cunha o proibiu de colocar na avenida o Tio Sam defecando no Congresso Nacional, está no livro. Criador de bordões divertidos, que viram memes nas redes socais, ele levou para a TV a irreverência, ousadia e caricaturismo da avenida.

Milton nasceu em Belém, é graduado em psicologia, e Doutor em Letras. Começou a vida artística no carnaval pela Beija-Flor,  e de lá, passou por várias escolas, como União da Ilha, Unidos da Tijuca, São Clemente, Viradouro e Porto da Pedra. Sua criatividade abriu as portas no exterior, para onde levou seu talento. Brilhou no Canadá, San Luis, onde foi carnavalesco da primeira escola de samba, Estocolmo, Londres e Johanesburgo. É comentarista de carnaval na TV desde 2002, e está há três anos na Globo.

100 anos de Samba está sendo realizado pelo Coletivo Arapuca e será transmitido pela Diário FM. 

Serviços:
Lançamento do livro Carnaval é Cultura – Poética e Técnica no Fazer Escola de Samba
Autor: Milton Cunha
Local: Av: Iracema Carvão Nunes – 207, entre Tiradentes e General Rondon.
Hora: a partir das 12h. 

28 de nov de 2016

Caesa intercala distribuição de água após pane no sistema de captação

Fonte: Clauriana Costa - Assessoria de Comunicação da Caesa

Durante o sábado, 26, a equipe operacional da Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa), após uma pane eletromecânica no sistema de captação de água bruta de Macapá, necessitou paralisar parte do sistema. Desta forma, a Companhia teve que intercalar a distribuição de água nos bairros abastecidos pela Estação Central de Tratamento de Água.

Durante a manutenção, detectou-se a perda de peças essenciais para o funcionamento normal do sistema. “Trabalhamos com um sistema grande e ocorreu um superaquecimento em algumas peças. Estamos aguardando os fragmentos chegarem de fora do Estado para a reposição”, informou Leandro Passos, diretor operacional da Caesa.

Passos explicou que o sistema necessita do material para que não ocorra a perda total do sistema. “Sem as peças, poderíamos perder todo o maquinário vindo a prejudicar, por mais tempo, os consumidores”, esclareceu.

Até que as peças cheguem à capital e sejam instaladas, a Companhia seguirá um cronograma de abastecimento. A previsão é que a distribuição normalize até a quarta-feira, 30.

Cronograma de distribuição de água:

6h – 9h: Bairros da Zona Sul (Buritizal, Zerão, parte do Congós, Muca, Nova Esperança, Santa Rita, Jardim Equatorial) e centro de Macapá.

9h – 12h: Bairros da Zona Norte de Macapá e centro

12h – 15h: Setor Beira rio – Bairros: Pedrinhas, Araxá, Beirol, Santa Inês

15h – 18h: Bairros da Zona Sul (Buritizal, Zerão, parte do Congós, Muca, Nova Esperança, Santa Rita, Jardim Equatorial) e centro de Macapá

18h – 21h: Bairros da zona norte de Macapá e centro

21h – 00h: Setor Beira rio – Bairros: Pedrinhas, Araxá, Beirol, Santa Inês

00h – 6h: Sem fornecimento de água para todos os bairros abastecidos pela Estação de Tratamento de Água. 

23 de nov de 2016

Cine Gore apresenta: Sessão Joel Caetano


Neste penúltimo mês do ano o Cine Gore vem em sessão especial trazendo um convidado: Joel Caetano. 

Diretor, ator, produtor, roteirista e o que mais for preciso, Joel é hoje um nome proeminente no cenário do terror nacional. Com bastante experiência pra compartilhar, incluindo diversos prêmios e festivais, trazemos a todos ilustremente quatro de seus curta-metragens:

- "Gato" (2009), vencedor do prêmio de "Melhor curta-metragem latinoamericano" no Montevideo Fantástico;

- "Encosto" (2013), filme que que rodou em mais de 70 festivais de 20 países diferentes;

- "Judas" (2014), exibido em mais de 60 festivais em diversos países, ganhando vários prêmios e menções honrosas, sendo alguns: "Melhor Filme Estrangeiro no HorrorQuest" (EUA), "Melhor Curta no Mondo Estronho", "Melhor Montagem" no Festicini (Festival Internacional de Cinema Independente em Sumaré - SP), "Melhor curta-metragem" no júri popular do POE Festival e "Menção Honrosa pela direção e curta" no II Festival Boca do
Inferno. 

- "A Loira do Banheiro" (2015), segmento para o filme “As Fábulas Negras”, uma antologia de histórias de terror na qual Joel trabalhou também como montador e Assistente de Direção do segmento “O Saci”, dirigido por José Mojica Marins. Fábulas ganhou diversos prêmios como: "Melhor Filme" pelo Júri Popular no Festival de Vitória, "Melhor Direção", "Melhor atriz" (Margareth Galvão por “A Loira do Banheiro”) e "Melhor Atriz Coadjuvante" (Dora Dadalto por “A Loira do Banheiro”) no MAC HORROR Film.

Fest na Amazônia, "Menção Honrosa pelos Efeitos Especiais" e "Menção Honrosa de Melhor Episódio" (“A loira do Banheiro”) no Montevideo Fantastico no Uruguai e "Menção Honrosa de Melhor Direção" (Joel Caetano por “A Loira do Banheiro”) no II Festival Boca do Inferno em São Paulo. 

Quando vai ser? 
Nesta quinta-feira (24).

Que horas?
O filme começa às 19h, mas passa meia hora antes e confira uns clipes e curtas selecionados pela organização, você não irá se arrepender.

Tenho 15 anos, posso assistir o filme?
É claro que pode... mas não no nosso cine clube.

Onde vai ser?
No Espaço Caos - Arte e Cultura (Av. Procópio Rola, 1572. Entre Manuel Eudóxio e Prof. Tostes. Centro).

Preciso pagar pra entrar?
De jeito nenhum a entrada é franca, mas se você insistir aceitamos numa boa.

O que mais vai rolar?
Vai rolar um debate sobre o cinema brasileiro independente e o que mais der na telha. Então, fica até depois da sessão que vai valer a pena!

Última semana para se inscrever na 13ª mostra de música Sescanta Amapá

Fonte: Assessoria Sesc Amapá

O Serviço Social do Comércio no Amapá (Sesc/AP) inscreve ate o dia 29 de novembro os artistas que queiram participar da 13ª mostra Sescanta 2016. O evento visa contribuir para o processo de criação e difusão da cultura. As inscrições podem ser feitas, no horário das 8 às 12h e das 14 às 18h, na Biblioteca- Sesc Araxá (Rua Jovino Dinoá, 4311).

Podem se inscrever músicos, cantores, compositores, interpretes e grupos musicais do Estado do Amapá, onde cada candidato deverá apresentar UMA (01) música de sua autoria e de livre tendência musical, inclusive instrumental, que deverá ser inédita e original (entende-se por música inédita aquela que não tenha sido gravada em CD ou DVD com tiragem comercial e/ou premiada em mostras e/ou festivais).

No ato da inscrição, o cantor ou grupo deverá apresentar quatro cópias da letra da música digitada com sua respectiva partitura e cifra, pseudônimo e nome da música; Um CD com a gravação das músicas no formato MP3 ou WAV, identificado com o pseudônimo, nome das músicas e identificação da música inédita.

Além do CD, deverão ser encaminhadas autorização legal e a ficha de inscrição, devidamente preenchida, em envelope fechado, identificado apenas pelo pseudônimo. A mostra veda a participação dos servidores do Sesc, Senac, Fecomércio, parente até segundo grau.

Os documentos para inscrição são cópia da carteira identidade, comprovante de conta corrente, CPF, PIS e ficha de inscrição, devidamente preenchida. No ato da inscrição, o compositor deverá assinar um termo de compromisso para com o desdobramento “Sescanta na Escola”.

A seleção ocorrerá no dia 30 de novembro de 2016, por uma comissão de curadores indicada pelo Sesc/AP, constituída por músicos, professores de língua portuguesa e técnicos que atuam na área musical do Sesc que farão a seleção dos 10 compositores.

O resultado será divulgado no dia 1 de dezembro no site do Sesc, www.sescamapa.com.br, e fixado nos murais do Sesc Araxá e Sesc Centro. Os compositores aprovados participaram de uma reunião que será realizada dia 3 de dezembro as 14h na biblioteca do Sesc Araxá.

A premiação será concedida aos 10 compositores selecionados, com um incentivo cultural no valor de R$ 1.500. Além de troféus e certificado de participação (concedido também para intérpretes). Os 10 músicos selecionados participarão do Projeto Botequim 2017.

A mostra proporciona a gravação de um DVD, com as 10 músicas selecionadas, onde cada músico selecionado receberá 50 cópias.

Para dançar: Show Brega Chic com banda Fruto Sensual, Taty Taylor e Josy Di Lima

Fonte: Mariléia Maciel

Três atrações do Norte e Nordeste do país estarão reunidos nesta sexta-feira (25), no show Brega Chic, produzido para fazer todo o público dançar. A Banda Fruto Sensual, e as cantoras Taty Taylor e Josy Di Lima estarão cantando grandes sucessos do brega amazônico e do forró, durante quatro horas de show, com efeitos especiais, luz e telão.

A banda paraense Fruto Sensual tem 21 anos de carreira, festejados com a gravação de um DVD no Amapá e no Pará. Conhecida em todo o país, a banda tem como vocalista, Valéria Paiva, considerada a Rainha das Aparelhagens, estilo popular que nasceu em Belém e se espalhou. Entre os sucessos que serão cantados, “Luxuoso Jackson”, “Itamaraty” e Está no Ar”.

Taty Taylor é uma das artistas mais versáteis do Amapá, que interpreta do flash back ao brega pop. Com 15 anos de carreira, talento nato para show e performance empolgante, ela lidera a Banda Babilônia, que foi uma das mais solicitadas neste ano, e se prepara para seguir, em dezembro para seu primeiro show na Europa, na Suíça, sempre com muitos ritmos nacionais.

A cantora cearense Josy Di Lima, que tem o respeito no Nordeste onde integrou grandes bandas, também participa do show Brega Chic, mostrando seu talento para o forró. Ela chama atenção do público amante de shows dançantes no Amapá.  Josy participou do show realizado no último fim de semana com Wanderley Andrade e Taty Taylor. 

Serviços:
Show Brega Chic
Data: 25 de novembro
Local: Espaço Di Vetro – Av: Antônio Coelho de Carvalho – 1213/Centro 
Hora: A partir das 22h
Central de Vendas: Loja Maison Amodini – Fones: 98122-7125/98114-7325  

Brenda Melo se apresenta nesta sexta no Botequim Sesc

Fonte: Assessoria Sesc Amapá

O projeto Botequim Sesc recebe nesta sexta (25) o show musical da cantora Brenda Melo. Trazendo vários sucessos já consagrados em sua carreira, a artista apresenta no Sesc Centro, das 20 às 22h, um repertório regionalizado.

As apresentações do projeto continuarão a acontecer todas as sextas-feiras no Sesc Centro. A entrada é gratuita, com classificação etária de 12 anos.

Antes da apresentação musical haverá o Café Filosófico, um espaço de debates que visam a discussão de assuntos diversos de nossa sociedade.
Projeto Botequim

O Projeto Botequim acontece todas as sextas-feiras com um repertório variado de música amapaense. Tendo como objetivo oportunizar e divulgar o trabalho dos artistas locais. Há mais de 20 anos, o Projeto apresenta o melhor da MPB, Pop Rock e instrumental. Ganhando notoriedade e credibilidade pela excelência com que apresenta os músicos amapaenses.

Alt-J (∆) Breezeblocks


She may contain
The urge to run away
But hold her down with soggy clothes and breezeblocks
Cetirizine your fever's gripped me again
Never kisses
All you ever send are full-stops

Do you know
Where the wilds things go
They go along to take your honey

Break down now weep build up breakfast now lets eat
My love, my love, love, love

Muscle to muscle and toe to toe
The fear has gripped me but here I go
My heart sinks as I jump up
Your hand grips hand as my eyes shut.

Do you know
Where the wild things go
They go along to take your honey
Break down lets sleep
Build up breakfast now lets eat
My love, my love, love, love

She bruises coughs
She splutters pistol shots
But hold her down with soggy clothes and breezeblocks
She's morphine
Queen of my vaccine
My love, my love, love, love

Muscle to muscle
And toe to toe
The fear has gripped me
But here I go
My heart sinks as I jump up
Your hand grips hand as my eyes shut.

She may contain
The urge to run away
But hold her down with soggy clothes and breezeblocks
Germolene disinfect the scene
My love, my love, love, love

But please don't go
I love you so
My lovely

Please don't go please
Don't go
I love you so
I love you so

Please don't go please
Don't go
I love you so
I love you so (please break my heart)

Please don't go
I'll eat you whole
I love you so
I love you so, I love you so

22 de nov de 2016

Claudio Nucci (Ex Boca Livre) e Dri Gonçalves fazem show em Macapá






Marcha Para Jesus Acontece neste Sábado (26) Em Macapá

Foto: Jhon Pacheco - G1 Amapá
A Marcha para Jesus, o maior e mais tradicional evento gospel do Brasil, acontece neste sábado, 26, a partir das 16h em Macapá, com concentração inicial na Praça da Bandeira.

Os cristãos caminharão por todo o centro da cidade, orando pela cidade, cantando louvores e declarando a paz em Macapá. O tema este ano é Glória ao Alfa e ao Ômega. A expectativa é de que cerca de 50 mil pessoas participem do evento. Este ano a cantora Mylla Karvalho e a Banda Trio Salvador realizam o show de encerramento da marcha.

Todo esquema de trânsito e segurança, com homens da PM, guardas de trânsito, Samu e Corpo de Bombeiros, foi montado para o evento.

Serviço
Evento: Marcha Para Jesus Macapá
Dia: 26 de Novembro (Sábado)
Hora: A partir das 15h
Local: Concentração Praça da Bandeira