4 de mar de 2011

Norte Sul Leste Oeste

De repente me vejo, em um ponto onde bifurcações se fazem presentes;

Momentos esses, onde ir pelo caminho já percorrido é abalado por caminhos inexploráveis;

E esse trajeto novo está cheio de novas esperanças, novas pessoas;

Não que não possa seguir os dois, porem em alguma hora um atrapalhará o outro;

E nesse momento não sei qual seguirei;

Nesse instante deixo o curso seguir, como um barco a deriva;

Esperando uma tempestade ou uma ilha pacífica;

Para assim descobrir Por qual destino seguir;

Mais com certeza ambos são compatíveis com minha trajetória;

Porem o novo parece me dar mais oportunidades.



Nenhum comentário:

Postar um comentário