20 de jun de 2017

Arraiá do Meio do Mundo: De 21 a 24 de junho tem as eliminatórias de grupos do Polo Macapá no Sambódromo

Por: Mariléia Maciel - Assessoria de Comunicação – Fefap/ Arraiá do Meio do Mundo

Nesta quarta-feira, 21, o Arraiá do Meio do Mundo inicia a seletiva do Polo Macapá, prosseguindo com o calendário da Federação das Entidades Folclóricas do Amapá (Fefap), realizadora do evento. Durante quatro dias os grupos se apresentam no Sambódromo. A 10ª edição do Arraiá no Meio do Mundo iniciou em novembro no ano passado, e chega agora na fase eliminatória, e encerra no dia 8 de julho, após a escolha dos melhores grupos nas categorias Estilizada e Tradicional, de todo o Amapá. O festival  junino recebeu investimento do Governo do Estado através da Secretaria de Cultura, e apoio do deputado federal Marcos Reátegui.

A Federação agrega mais de 100 grupos, porém, com a impossibilidade de alguns que pediram o licenciamento, 84 entraram na disputa. O calendário oficial iniciou com a visita aos polos, ainda em 2016, e seguiu com os pré-festivais nos municípios, concurso Garota e Garoto Fefap, e agora, entra na seletiva nos Polos. Os grupos são divididos em cinco Polos, Jari, Santana, Mazagão, o Norte, que reúne grupos de cinco municípios do eixo Norte da BR 156, e Macapá. Com o licenciamento de grupos de Mazagão, neste ano este Polo foi automaticamente classificado para a seletiva Estadual.

Em todas as etapas, municipais e estadual, os quesitos avaliados pelos jurados são: Tema, Dança, Passo de Quadrilha, Miss Caipira, Criatividade, Harmonia de Passos e Evolução, Conjunto, Entrada e Saída, e Indumentária. Para ter chance de competir, os grupos trabalham o ano inteiro, com base nos temas escolhidos. Para dar suporte para os grupos, nesse ano o Governo do Estado voltou a investir no evento através do Termo de Fomento, assinado pela presidente Daiana Ronieli, governados Waldez Góes e secretário de Cultura, Dilson Borges. Em 2016 o Arraiá foi realizado sem aporte público financeiro, e o objetivo é que com o recurso, a quadra junina se fortaleça e o Amapá seja palco de eventos juninos nacionais.

“Voltamos a receber incentivos através do Termo de Fomento assinado na última semana, isso é muito importante para a quadra junina. Além de realizarmos a disputa, temos outros objetivos que são importantes ressaltar, que é a responsabilidade social, afastando dezenas de crianças, jovens e adolescentes dos riscos sociais, e dar oportunidade para profissionais de eventos, estética e outras áreas, garantam lugar no mercado. Trabalhamos o ano inteiro, a maioria dos grupos vêm de área periférica, e precisamos de incentivos para não parar”, disse a presidente da Fefap, Daiana Ronieli.

Há duas semana as seletivas iniciaram no Polo Norte, de onde saíram sete grupos para a disputa estadual, e nesta terça-feira, tem o Polo Santana. O Polo Macapá, o maior, terá 45 grupos se apresentando de 21 à 24 de junho, nas duas categorias, e no dia 28 encerram as seletivas municipais nos polos, e os grupos classificados se preparam para, a partir do dia 30, se apresentarem para as eliminatórias estadual, de onde saem as vencedoras.

As seletivas do Polo Macapá iniciam às 20h, no Sambódromo, e a entrada custa R$ 6,00.

PROGRAMAÇÃO

20 de junho – Polo Santana
21 à 24 de junho – Polo Macapá
28 de junho – Polo Jari -No município de Laranjal do Jari
30 de junho – Eliminatória da categoria Tradicional
1º a 4 de julho – Eliminatória da Categoria Estilizada
5 e 6 de julho – Semi-final da categoria Estilizada
7 de julho – Final da categoria Tradicional
8 de julho – Final da categoria Estilizada


Nenhum comentário:

Postar um comentário